12 de jun de 2011

Como criar uma equipe para criação de um Jogo

Sempre acontece de pessoas enviarem um email's pedindo para participar de algum projeto. O problema é que, na maior parte das vezes, o usuário é vago e não fala muita coisa sobre o projeto. Bom, isso pode espantar outros interessados. Ou mesmo ele tenha conseguido juntar uma equipe, mas ainda não sabe como motivar os outros membros ou mesmo o que ele pode fazer.

A pessoa deverá analisar sobre o comportamento que as outras pessoas podem ter. Deverá analisar que:

Qualquer pessoal tem vida social, talvez a maioria ache que um programador só fica programando direto. Grande engano: ele pode ter escola, faculdade, namorada e/ou mesmo um emprego para que ele possa pagar as contas pessoais ou mesmo as contas da família. Ele pode ainda ter um filho (ou mais de um).

Todos estes fatores fazem com que a pessoa não tenha tanto tempo quanto gostaria, e com isso pode não ajudar tanto com o seu projeto.

Cada pessoa sabe melhor um determinado assunto. Alguns são bons programadores. Outros adoram modelagem ou mesmo desenhar. Alguns podem ser programadores, mas tiram parte do seu tempo para tocar um instrumento musical, e com isso podem ter potencial para a música, e saber criar composições. É difícil encontrar alguém que saiba bem duas ou mais áreas do conhecimento de desenvolvimento de jogos.

Uma pessoa pode desistir de uma hora para outra e sair da sua equipe. Esteja preparado para isto e tenha um plano B na manga, para prevenir o que pode acontecer.

Depois dessas dicas, vamos às dicas de como que um projeto poderia ser melhor conduzido:
Tenha um Game Design pronto. Um game design é o planejamento completo do jogo. Com isso, o andamento do projeto terá maior fluência e terá mais rapidez.

Poste o máximo de informações sobre o game. Poste alguns detalhes do enredo, como pode ser a jogabilidade, se um game é 2D ou mesmo um projeto 3D. Será medieval? Futurista? Será um adventure? Um game de tiro em primeira pessoa? Poste o máximo de informações que puder.
Saiba postar e use um corretor ortográfico. Posts sérios que podem ter erros de português podem espantar os usuários que poderiam se interessar. Se um texto for bem escrito, poderá ter mais pessoas interessadas.

Como falei acima, cada um tem uma habilidade específica. Divida a sua equipe onde cada um terá uma tarefa específica e delegue tarefas. Como falei acima, um usuário pode não ter tanto tempo para o projeto. Defina prazos realistas para os outros entregarem as suas partes.

Seja realista com o seu projeto. Um game do nível de um Metal Gear Solid pode se tornar um projeto inviável e difícil de terminar. Comece com games simples e que podem ser divertidos.

Tenha um cronograma de atividades e tente obedecer o mesmo. Com isso você conseguirá terminar o seu projeto no prazo. Mesmo que o desenvolvimento atrase um pouco, você saberá o que fazer em seguida.

Se o seu projeto for bem estruturado e interessante, pode acabar tendo mais interessados do que o número de pessoas da sua equipe. Isso tem duas vantagens: o seu game poderia ser concluído mais rápido, mas gerenciar muitas pessoas (mesmo que você divida as pessoas em várias equipes) pode ser complicado e você pode não dar conta.

Ainda se o seu projeto for interessante, muitos usuários sem conhecimento podem querer entrar na equipe. Isso também tem um lado bom e um ruim: se o usuário não conhece uma linguagem de programação ou um software 3D, ele pode procurar aprender e com isso ele adquirir conhecimentos durante o projeto. Mas se o game for sério, isso pode atrasar o cronograma do projeto.

Então avalie os possíveis interessados. Eles tem portfólio? Se tem, as imagens são realmente dele? Ele já fez algum game antes? Já trabalhou em algum projeto ou mesmo numa empresa? Apesar de que muitos usuários poderem mentir para você, se você já o conhece há algum tempo, a possibilidade dele mentir é menor, já que a credibilidade dele também está em jogo.

Tenha um meio de comunicação eficiente. Use MSN e/ou monte um fórum de discussão privado onde você e os outros membros possam postar suas opiniões.

Saiba escutar os outros membros. Eles podem ter idéias úteis que podem ajudar no seu projeto ou mesmo melhorar o mesmo.

Saiba conversar com os outros membros. Todos tem personalidades diferentes e podem reagir de maneiras diferentes a certas situações ou mesmo frases que você disser no fórum ou numa reunião no MSN. Se você trata um membro com falta de educação (mesmo sem querer), ele pode ficar chateado e querer sair do projeto.

Se sua equipe puder se encontrar fisicamente (se moram na mesma cidade, por exemplo), faça isso sempre! Conversar pessoalmente é melhor do que via messenger.

Defina, antes de mais nada, quais as vantagens que as pessoas podem ter ao entrar na sua equipe. O projeto será comercial? Tem potencial para ser? Os membros terão reconhecimento pelo seu trabalho? Isso é importante, já que um game bem feito pode ser usado como portfólio e com isso facilitar a ingressão do profissional numa empresa de desenvolvimento de jogos.

Seja honesto. Isso é o mais importante, já que com isso você pode ter credibilidade. E se você e sua equipe conseguirem entregar um game (mesmo sendo gratuito), você já vai ter formado um círculo de amizades na internet. Os outros membros podem te ajudar no futuro e quem sabe vocês montam uma empresa séria e conseguem viver de criar games!

Opcional: Sempre poste informações do andamento do game em fóruns. Ou mesmo tenha um blog de desenvolvimento. Uma pessoa de fora do projeto pode ter uma idéia ou mesmo uma opinião útil que pode ser utilizada em seu game. Até uma crítica bem construtiva pode ser essencial no andamento do projeto.
Saiba aceitar críticas quando seu game tiver sido lançado ou mesmo quando você tiver lançado um demo nos sites de games. Cada pessoa vai avaliar o seu game de maneira diferente, e isso pode ser útil para que você melhore o seu projeto ou faça projetos melhores no futuro.

Saiba também filtrar as críticas que você vai receber. Muitos usuários nem avaliam o seu game e já postam que o mesmo é uma porcaria. Saiba conversar e também ignore comentários destrutivos que não vão ajudar a sua equipe como um todo.

Saiba criticar a si mesmo e aos outros membros da equipe. Também reconheça o trabalho dos outros membros e incentive-os a melhorar. Cada pessoa consegue criar coisas fantásticas com o conhecimento que elas tem. Saiba usar isso a ser favor e a favor deles.

Todos acabam ganhando com isso: o chefe da equipe, que terá algo de qualidade, e o profissional, que verá que estão gostando do seu trabalho. Mas ele deverá ser incentivado a melhorar, já que um artista pode se estagnar e isso pode ser prejudicial a ele e ao projeto como um todo. Em qualquer projeto, o aprendizado é contínuo.

Poste, se puder, dicas ou mesmo o processo de desenvolvimento do game depois. Isso poderá ajudar outros usuários de fora que queiram criar um game. Um tutorial sobre uma técnica usada pode ser útil para outras pessoas.

Tenha um site da sua equipe ou mesmo do game, com tudo relacionado ao game, como screenshots, vídeos, demos. Pode parecer óbvio, mas a maioria posta o seu game (com link para download) num tópico do fórum e nem posta imagens e informações sobre o jogo para que os jogadores possam fazer uma pré-análise do mesmo antes de baixar.

Defina também a idade mínima de um game. Apesar dele ser lançado na internet (e qualquer um pode baixar sem que os pais saibam), é interessante definir se o game possui um certo grau de violência ou não. Pode ser interessante afirmar isso. Alguns pais também procuram games para baixar e instalar nas máquinas dos seus filhos, e se eles souberem de antemão o conteúdo básico do jogo, pode ser útil para eles avaliarem o seu game.

Se o jogo for comercial, defina um preço acessível. Uma das maiores reclamações dos jogadores são os preços elevados dos games. Mas também trabalhe dentro da lei (com relação aos impostos e classificação etária do seu jogo).

Chame outros usuários para testarem seu game. Uma pessoa de fora pode achar erros que você dificilmente acharia se estivesse testando. Também dê reconhecimento ao trabalho deles. Se possível, poste nos créditos os nomes dos testadores (se eles permitirem, claro), já que mostra que você foi cordial e eles podem te ajudar em situações futuras.

Acredito que com estas dicas você poderá começar o seu game e gerenciar o projeto de forma eficiente. Mas recomendo planejar primeiro e criar um game design do jogo. Apesar de ser algo maçante e difícil, pode ser útil para avaliar a viabilidade de um projeto e saber se ele é possível de ser feito ou não.

Boa sorte!